GRANJA: LOJA DO MALHADINHA RECEBE R$ 164.881,00 DA PREFEITURA SEM LICITAÇÃO. SÓ EM CHUTEIRAS FORAM 2.695 PARES. HAJA PÉ PRA TANTA CHUTEIRA!


A Empresa individual Raimundo Fontenele de Sousa Neto-ME vendeu só em produtos esportivos para a prefeitura de granja, através da secretaria de cultura mais de r$ 160.000,00 sem licitação pública.
O proprietário conhecido como malhadinha recebe ainda como  cargo comissionado um salário   mensal de r$ 1.000,00 como chefe de setor da própria secretaria de cultura sem dar expediente. Malhadinha é um conhecido cabo eleitoral  do vereador arnaldo fontenele , de seu irmão, o prefeito hélio fontenele  e do deputado gony arruda, atual secretario de esportes do governo do estado.
Todos em granja sabem que ele nunca deu um dia de serviço na secretaria, assim como o próprio secretario de cultura e desporto, dr. melo filho que também não trabalha na prefeitura. Melo Filho é sócio  do Dr. Esmerino Arruda na administração do shopping center  no centro da cidade. O mais grave é que a liga granjense de desporto, as associações esportivas, os clubes do município, e os próprios atletas não sabem para onde teria ido tanto material esportivo.
Veja a lista AQUI e tire suas próprias conclusões.
Pelas notas de empenho verifica-se uma venda mensal de aproximadamente 8.000,00 todo mês sem exceção. Ou seja, não interessa se é inverno ou verão, tem que ter a venda todo mês, mesmo que não haja campeonatos em lugar nenhum.
O pior é que há mais de dois anos não é dado material esportivo para os clubes que participam do campeonato da prefeitura. Até o prêmio devido ao time campeão de 2011, o leão do norte não foi pago no dia da premiação.
É mais um caso de improbidade administrativa e desvios de recursos públicos na cara dos granjenses. Enquanto isso, nossa praças esportivas estão abandonadas e deterioradas como no caso do clube arrudão e do estádio mitotônio. e nos distritos, não possuímos quadras esportivas adequadas para a prática de esportes.
fonte: impacto granja

Comentários

Postagens mais visitadas