TIMONHA: UM DOS MAIORES FESTEJOS DA REGIÃO COMEÇA NESTA SEGUNDA

19:41


“Na alegria do encontro e na força da partilha somos caminhantes vivendo em romaria, Santa Luzia fiel intercessora protege, este teu povo com luz que guia.”

Acima, está o tema dos Festejos à Santa Luzia que acontecerá do dia 03 ao dia 13 de dezembro no distrito de Timonha, localidade distante de sua sede, Granja, 45 km. Neste evento religioso destaca-se os movimentos católicos, como: missas realizadas por diversos padres, casamentos, batizados, novenas, romeiros pagando promessas. Além disso, um momento de confraternização entre familiares que vêm de distantes centros urbanos para aproveitar as celebrações religiosas, festas de forró e encontro com amigos em momentos de prazeres diversos. É um momento único, esperado o ano todo! Também é um momento para muitos ganharem dinheiro com diversas vendas, em sua maioria bares, camelôs, venda de carnes, peixes, frutas e vendas de comidas para aperitivos e refeições. 
Timonha, que tem uma população entre 6 e 8 mil habitantes tem como forte o comércio no varejo e atacado, tendo neste último um destaque acompanhado por incontáveis trechos comerciais adjacentes ao distrito timonhense. 
Enfim, a expectativa é aproveitar da melhor forma e sendo receptivo àqueles que desejam visitar Timonha nesse momento ímpar. Todos estão convidados!
Confira AQUI e AQUI a programação dos movimentos católicos! 



Fonte: TN

CAMOCIM SEM NATAL, SEM RÉVEILLON E COM DEMISSÃO EM MASSA DE CONTRATADOS.

19:40


Segundo informações, a decisão final do Prefeito Chico Vaulino (PP) em relação a 3 assuntos é a seguinte: Não vai ter um “foquito” piscando na cidade, antes, durante e muito menos depois do período natalino, e nenhum evento alusivo à data será realizado.  Quanto à festa do Réveillon, não haverá a queima de um “traque” sequer, e banda, pode esquecer.  E pra fechar a “trinca real”, a partir desta sexta-feira (30), os contratados da prefeitura, que não tiverem o sangue azul, estão na rua, mesmo aqueles que se “estatalaram” atrás de votos na última campanha. Só vai ficar quem pertencer à família do prefeito, isso porque, com o “prestígio monstro” que o vice sempre teve na administração, talvez até os “dele” peguem o “beco’ também. Detalhe: Entre os demitidos, estão todos os profissionais de saúde (médicos, enfermeiras) contratados. Ou seja, se já não havia atendimento médico na cidade em postos de saúde da família, imagine a partir de hoje. Enfim, se o mundo realmente acabar em 2012, a pré-estreia já começou por Camocim faz tempo.
fonte: camocim online

SKINA BAR INICIA OS FESTEJOS PROMOVENDO TORNEIO DE SINUCA

19:39


Neste dia 03 de dezembro, data que inicia-se um dos maiores festejos religiosos do município de Granja, o Skina Bar estará promovendo um torneio de sinuca com a inscrição valendo R$ 10 (dez reais). O espaço é bem amplo, dispondo espaço para os praticantes de sinucas e para os apreciadores (de sinuca e bebidas em geral). Serão duas sinucas dispostas aos participantes do torneio.
Além do convite acima, o Skina Bar avisa que estará de prontidão os dez dias de festividades atendendo com qualidade, higiene e sempre com muito bom humor, música e segurança. Organização: Theo Oliveira.


Fonte: TN

GRANJA: PREFEITO JOÃO TURÉ CONFIRMA PAGAMENTO DE SERVIDORES PARA ESTE SÁBADO (01).

09:57


A Prefeitura de Granja vai pagar a partir deste sábado (01) os salários de todos os servidores, contratados e concursados, de todas as secretarias, referente ao mês de novembro. A informação foi repassada agora à tarde, com exclusividade, ao Camocim Online, pelo Prefeito João Turé (PSDB), Presidente da Câmara, que ocupou novamente o cargo, no último dia 14 de Novembro, após um terceiro afastamento de Hélio Fontenele (PSD). Quanto ao pagamento do mês de outubro, que deveria ter sido feito em 30 de Outubro, ainda na gestão de Hélio Fontenele (PSD),  João Turé disse que há um entendimento sobre isso, para que seja feito quando o Prefeito Eleito, Romeu Aldigueri assumir o cargo. 
Ainda segundo João Turé, o desejo era pagar também o mês de outubro, mas diante da situação das contas das prefeitura, isso ficou impossível. "Para que os granjenses tenham uma ideia do que encontramos, cerca de R$ 800 mil reais do erário público estava sendo utilizado para o pagamento de servidores fantasmas ou que simplesmente não compareciam ao trabalho", ressaltou o Prefeito.  




Postado por Tadeu Nogueira às 15:02h

AFASTADO PELA TERCEIRA VEZ, PREFEITO QUESTIONA COMPETÊNCIA DO JUIZ DE GRANJA

18:08


A pouco mais de um mês para deixar o cargo, o prefeito de Granja, Hélio Fontenele Magalhães (PSD), entrou com recurso contra a decisão da Justiça, expedida na semana passada, que o manterá longe da prefeitura até o fim do mandato por suspeita de improbidade administrativa. Único gestor pego na Operação Desmonte do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e do Ministério Público Estadual (MPE), Magalhães sustenta, através de seus advogados Leandro e Eugênio Vasques, a “absoluta incompetência do juiz de primeiro grau” em arbitrar sobre o caso. De acordo com o recurso, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) teria pacificado entendimento “segundo o qual somente o Tribunal de Justiça é que ostenta competência para afastar gestor municipal que tenha contra si Ação de Improbidade que vise à perda do cargo”.
Os advogados afirmam ainda que o STJ teria consolidado entendimento segundo o qual “não se pode afastar prefeito municipal no final do mandato eletivo por atentar contra a soberania popular”. Ainda de acordo com o texto, eles se dizem “confiantes”. Conforme as denúncias do MPE, Magalhães teria aberto crédito de R$ 10 milhões mesmo sob o impacto de dívidas já contraídas no valor de R$ 7 milhões por meio de decreto. Teriam sido constatados ainda procedimentos licitatórios pouco claros. Pelo menos desde 2009, Granja tem sofrido com afastamentos no Executivo municipal. Naquele ano, a Justiça decretou perda do mandato de Esmerino Arruda (PSDB) por acusações de uso indevido dos meios de comunicação. Seu adversário político, Romeu Aldigueri (PR), assumiu temporariamente a prefeitura até o retorno de Arruda. No início deste ano, ele anunciou renúncia ao Legislativo, alegando problemas de saúde. Quem assumiu o posto máximo da cidade é Magalhães, seu vice.
Lá vou eu: Enquanto a guerra jurídica continua, suas "vítimas" (o povo), segue sem rumo, com os salários de servidores atrasados e serviços paralisados. 





Postado por Tadeu Nogueira às 07:37h

Popular Posts

Like us on Facebook

About the Author

Flickr Images