ENQUANTO PADARIA CRISTO REI RECEBE R$ 338.666,75 DA PREFEITURA SEM LICITAÇÃO, FALTA MERENDA ESCOLAR E FUNCIONÁRIOS ESTÃO COM SALÁRIOS ATRASADOS


A empresa individual Ricardina de Andrade Marques Magalhães -ME, conhecida como panificadora cristo rei tirou trezentos e trinta e oito mil , seiscentos e sessenta e seis reais e setenta e cinco centavos em notas fiscais para a prefeitura de granja nos últimos anos  em supostas vendas, a maioria  de material de limpeza.
A proprietária Ricardina é servidora pública municipal com carga horária de 200hs, atuando como professora além de possuir cargo comissionado, ou seja, de confiança na secretaria de educação.
Como pode uma só  pessoa ser ao mesmo tempo professora em tempo integral e também possuir uma empresa individual que vende para a própria prefeitura, e receber adicionais, gratificações e cargo? Ou ela está na sala de aula, ou na padaria, que é uma empresa individual, onde o patrimônio da pessoa física se confunde com o da pessoa jurídica.
O pior é que Ricardina além de tudo já dito  também acumulava a presidência do conselho de acompanhamento e controle dos gastos do fundeb.
parece  piada, mas o pior é que não é.
Ricardina que é cabo eleitoral conhecida do prefeito, na realidade como se diz na giria do futebol,  cobrava o escanteio e corria pra cabeçear.
O mais grave é que todas essas supostas vendas  junto as secretarias de saúde e na própria secretaria de educação foram todas feitas sem licitação pública, ferindo gravemente os principios da moralidade, legalidade, impessoalidade, publicidade na administração pública.
esse é mais um escândalo entre tantos que existem em granja.
Enquanto isso, não há merenda escolar nas escolas e centenas de funcionários estão sem receber seus salários.

fonte: impacto granja

Comentários

Postagens mais visitadas