APÓS 7 DIAS A DERIVA NO MAR, PESCADORES DE BITUPITÁ SÃO ENCONTRADOS NO DELTA DO PARNAÍBA

Por volta de meio-dia desta segunda-feira, dia 09, pesquisadores do Projeto Senhor das Pedras voltavam de uma saída embarcada no mar quando avistaram, na boca da barra da Ilha das Canárias no Delta do Parnaíba, uma embarcação que estava a deriva.

“Estávamos voltando de um mergulho de pesquisa para avistagem de Meros, quando vimos os pescadores pedindo ajuda e encostamos para saber o que havia acontecido”, conta a bióloga Liliana Souza.

No barco havia quatro homens visivelmente debilitados que estavam há setes dias navegando sem rumo pelo mar. Os pescadores contaram que saíram da Praia de Bitupitá, em Barroquinha no Ceará, para pescar a 50 milhas em linha reta da Praia do Coqueiro, em Luís Correia no Piauí, e a previsão era de passarem quatro dias embarcados, quando uma forte rajada de vento rasgou a vela do barco e não tiveram mais como coordenar o retorno à praia.

"Nós estávamos comendo os peixes que pegamos ainda no Coqueiro e tentando regrar a água porque a gente não sabia quando ia sair do mar", explicam os pescadores.
Eles foram identificados pelo Proparnaiba como sendo Antônio Carlos Gomes de 49 nos de idade, Paulo da Costa Miranda de 32 anos, Flávio Araújo da Costa, 35, e José Gomes da Silva de 29 anos de idade. Todos residentes em Bitupitá – CE.

Os pesquisadores conseguiram rebocar a embarcação até a praia da Pedra do Sal, em Parnaíba, e levaram os pescadores para receber cuidados médicos no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde. Todos passam bem e foram liberados para retorno à sua cidade de origem no Ceará.

Fonte/texto: Francisco Brandão / Proparnaiba.com

Comentários

Postagens mais visitadas