CONCURSO DE GRANJA VIRA BRINCADEIRA DE MAU GOSTO

16:45


O Concurso público da cidade de Granja, que deveria ter sido realizado no dia 19 de Agosto, foi adiado sabiamente, por ordem judicial, para depois das eleições. No site da Inepas, empresa responsável pelo certame, consta que a prova será aplicada no próximo dia 21 de Outubro (domingo). Acontece que acompanhada dessa informação, nada mais há no site, como por exemplo, locais e horários das provas, o que vem deixando os inscritos perdidos, sem informações essenciais. Além disso, é impressionante como algumas coisas só acontecem em Granja. Senão, vejamos: 
A empresa escolhida, além de não passar confiança às pessoas, segundo relatos que chegam ao Camocim Online, e de sofrer de "desorganização aguda", fará um concurso obedecendo a uma administração municipal que acaba de ter seu candidato derrotado nas eleições, que por uma dessas coincidências da vida, é o próprio prefeito atual. Além do mesmo responder a uma "ruma" de processos, todos envolvendo sua administração, e de ter tido sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral de Granja, e no TRE, ele aguarda ainda posicionamento do TSE, por ter sido listado como "ficha-suja". 
E como se não bastasse tudo isso, corre na cidade a informação sobre a existência de supostas listas onde constam nomes dos "aprovados" no tal concurso, sem nem ao menos ele ter sido realizado. Diante de tudo isso, a verdade é que o Ministério Público deveria, como sempre fez em Granja, exigir o máximo de lisura  por parte da prefeitura e da empresa, ou até mesmo recomendar que tal concurso seja feito no início de 2013, através de uma universidade estadual, como UVA, UECE ou alguma outra que repasse o máximo de credibilidade e organização para quem vem estudando sem parar em busca de um emprego que seja conquistado de forma justa. O que não pode é continuar existindo esse manto de desconfiança, falta de informação e desorganização a menos de 4 dias para a tal prova.  Aliás, por falar em Ministério Público de Granja, fica aqui nosso reconhecimento pela forma justa e pró-ativa como vem agindo aquele órgão. Quem dera todas as cidades pudessem usufruir de um MP tão atuante. 


Fonte: Camocim Online

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

About the Author

Flickr Images