TIMONHENSE FOI MORTA DENTRO DE QUARTO DE MOTEL. POLICIA PRENDEU UMA ACUSADA.

O assassinato teria ocorrido em virtude de um triângulo amoroso.

Na madrugada desta quinta-feira, 11, por volta de 01h50, uma mulher foi encontrada morta em um quarto de um motel conhecido como Pousada e Motel "C que Sabe", localizado na travessa Aeroporto, bairro Jardim das Oliveiras , em Camocim-Ce.
O proprietário do motel ligou desesperado para o 190 dando conta que havia sido informado por seus funcionários que uma mulher tinha sido encontrada morta em um dos quartos do estabelecimento, trata-se da garçonete Edite dos Santos Araújo, 25 anos, natural do Distrito Federal e residente em Camocim na rua Esplanada do Porto nº 625, bairro Coqueiros. Segundo informações repassadas pela PM, um casal é o principal suspeito do homicídio, são eles: Maria Valdiete da Silva, 26 anos, residente na Rua  da Paz, bairro Cruzeiro, em Camocim e seu companheiro, Jackes Alves de Araujo, 26 anos, residente na Rua João Pessoa.

Jackes, o outro acusado que esta foragido

Maria Valdiete foi logo presa pela Policia Militar e contou a seguinte versão. "Segundo ela, seu companheiro tinha um caso já antigo 
com
 a vitima e que na noite de quarta-feira, 10, estava bebendo com ela em um bar localizado na Praça da Rodoviária. Repassou ainda que havia uma rixa entre elas duas devido o seu companheiro e que nessa noite o Jackes propôs um encontro entre os três para que entrasse em entendimento e assim acabassem as confusões entre elas. Jackes mandou Valdiete ir para o motel "C que Sabe" e ficasse em um quarto que ele também estaria indo com a vitima, sem ela saber sobre o encontro dos três. Assim foi feito, Valdiete foi at
é  a Praça da Rodoviária e pegou um táxi e chegando no motel ficou em um quarto sozinha. Minutos depois o acusado e a tima também chegaram no motel e ficaram em outro quarto. Passados alguns minutos o casal (vitima e acusado) começaram a discutir violentamente foi quando, apos cerca de 10 minutos, a discussão findou e Jackes foi ate o quarto onde estava Valdiete e lhe contou o ocorrido, falou que havia matado a Edite.


Valdiete, uma das acusadas foi presa pela PM

Após  o ocorrido, o casal ligou para a atendente perguntando quanto havia sido a despesa, porem não pagaram, pularam o muro do motel e saíram em direção a Boa Esperança, onde pegaram um mototáxi e foram para a casa de Jackes, na Rua João Pessoa.

Policiais do Ronda do Quarteirão e da FTA foram designados para a atender a ocorrência, sendo que ao chegarem no motel encontraram a vitima com um pano molhado sob o rosto e já morta, com certeza por asfixiamento.
Uma equipe do Ronda conseguiu localizar o mototaxista que levou o casal ao endereço de Jackes e assim conseguiu prender Valdiete, que repassou para os policiais que Jackes havia fugido. O taxista que deixou Valdiete no motel também foi localizado e confirmou que havia deixado ela no referido local.

Os policiais do Ronda levaram Valdiete para a DPC onde foi repassado todo o relato para o delegado plantonista, que apos analisar minuciosamente o caso resolveu autua-la em flagrante delito pela participação no homicídio, sendo que já esta presa e recolhida a cadeia onde permanecerá a disposição da justiça. Quanto ao acusado Jackes, toda a policia realiza diligencias a sua procura. Qualquer informação que leve a seu paradeiro ligar para o 190.







CAMOCIM POLÍCIA 24H

Comentários

Postagens mais visitadas