1.295 RAIOS NOS ÚLTIMOS DOIS DIAS NO ESTADO DO CEARÁ. EM GRANJA, 132 RAIOS FORAM REGISTRADOS ESSE ANO

22:13


http://www.itaberabanoticias.com.br/wp-content/uploads/raiopira.jpgEntre segunda-feira (07) e a última terça-feira (08), foram registradas precipitações em pelo menos 114 municípios do Estado. Com as chuvas, vêm também os clarões no céu, provocados por descargas elétricas. O Sistema de Monitoramento de Raios da Companhia de Energia Elétrica do Ceará (Coelce) computou 1.295 raios nesses dois dias. Entre as cidades com maior incidência estão Granja (132 raios), Morada Nova (107) e Russas (64). Em Fortaleza e Região Metropolitana, foram registradas oito descargas elétricas. Em abril, o sistema computou 18.160 raios em todo o Estado. Meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), Leandro Valente explica que essa maior incidência de raios acontece porque, nesse período de quadra chuvosa, o principal sistema atuando sobre o Estado é a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), formada por um aglomerado de nuvens do tipo cumulo nimbus (nuvens de tempestades). “Essas nuvens são verticalmente muito elevadas e, em alguns casos, o comprimento entre a base e o topo pode chegar a 18 km de altura”, conta. Portanto, nestes dias em que a ZCIT atua no Ceará, o clima é marcado por chuvas, rajadas de vento e por uma condição atmosférica propícia às descargas elétricas. Segundo previsões da Funceme, o fenômeno deve continuar até amanhã. Leandro alerta que as pessoas sejam atenciosas e precavidas em dias de chuva, evitando ficar desprotegidas. “A árvore nunca deve ser pensada como abrigo. Pelo contrário, elas têm de ser evitadas porque atraem as descargas elétricas”. Caso a pessoa esteja na rua, no momento da tempestade, carros são os abrigos mais confiáveis. “É uma proteção perfeita”.
Fonte: Camila Holanda/O Povo

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

About the Author

Flickr Images