GRANJA: VELAS VÃO AO CHÃO.


Na manhã deste domingo (15), por volta das 10:15 h, aconteceu um dos momentos mais esperados por todos os granjenses, pela primeira vez, em mais de 45 anos de domínio praticamente feudal no município de Granja, as velas que disseram que eram os símbolos do município foram derrubadas, apagadas de vez. A  população assistiu a queda das velas, símbolo do poder feudal de Esmerino Arruda durante 45 anos. As velas existiam acompanhadas de uma frase atribuída ao Filósofo Chinês, Confúcio, que dizia: “Mais vale acender uma vela, que amaldiçoar a escuridão“.
Segundo informações obtidas pelo blog, logo que as velas tombavam totalmente, uma mistura de euforia, desabafo e esperança em novos dias, explodia entre as testemunhas de um fato considerado histórico. Lembrando que Esmerino Arruda renunciou ao cargo de prefeito em 04 de abril deste ano, após “pipocarem” denúncias sobre desvio de verbas, fraudes em licitações e outros desmandos administrativos. Em seu lugar assumiu Hélio Fontenele, que foi afastado pela justiça em 25 de maio. Hélio já tentou por duas vezes voltar ao cargo através de liminar. A justiça não autorizou. Atualmente o Prefeito de Granja é João Turé, Presidente da Câmara de Vereadores.

Assim como os americanos fizeram com a estátua  Saddam Russem na guerra do Iraque, a oposição granjense não perdeu tempo. Veja.




Informações do Granja Hoje e NETimonha

Comentários

Postagens mais visitadas