GRANJA: MUNICÍPIO AMARGA OS PIORES ÍNDICE DE EMPREGO E RENDA.

O município de Granja é apontado com as piores condições de emprego e renda, revela IFDM – Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal, edição 2010.  Segundo estudo do Laboratório de Estudos da Pobreza – LEP, 48% da população granjense vive em condições de extrema pobreza, colocando o município com o maior índice do Estado do Ceará.

“Na outra ponta do ranking do estado, a análise das movimentações revela que cinco municípios (Saboeiro, Salitre, Tarrafas, Umari e Martinópole) permaneceram entre os dez menores índices cearenses, ainda que tenham apresentado incremento em seus IFDM em 2007. Por outro lado, Miraíma, Arneiroz, Senador Sá, Poranga e Granja entraram nessa lista por piora das condições de desenvolvimento, sobretudo da vertente de emprego e renda. Vale ressaltar que
os dez últimos municípios do ranking cearense possuem indicadores de mercado de trabalho de baixo desenvolvimento.”  IFDM
Clique na imagem p/ ampliar!

Quem não conhece a realidade do município de Granja fica assustado com os dados, para o granjense esses números apenas denunciam suas angustias, a agonizante situação em que sucessivas administrações irresponsáveis e corruptas levaram a velha Macaboqueira.
Porém Granja tem condições suficientes para sair do brejo socioeconômico em que se encontra, basta vontade política e planejamento focado nas potencialidades naturais, na valorização do seu povo.
Informações: Granja Ceará

Comentários

Postagens mais visitadas